Quando se está em uma jornada de aprendizado sobre o mundo do Marketing Digital, é normal se ver diante de alguns termos e siglas desconhecidos. Pensando nisso, separamos 38 termos de Marketing Digital que você precisa conhecer, com explicações simples e rápidas. Confira!

1. Automação de marketing

Automação de Marketing é o uso de tecnologia para automatizar ações e processos de marketing, reduzindo trabalhos manuais e aumentando a eficiência das ações.

2. CAC

O Custo de Aquisição de Clientes (CAC) é o investimento médio em esforços diretos para conquistar um cliente. Ele é calculado através da soma dos investimentos feitos para conquistar o cliente pelas equipes de Marketing e Vendas, dividida pelo número de clientes conquistados em um mesmo período.

3. Conversão

A conversão acontece quando alguém cumpre o objetivo principal de uma página, seja por baixar um material, comprar um produto ou se registrar para um teste.

4. CRM

CRM (Customer Relationship Management), ou em português “Gestão de relacionamento com o cliente”, é uma ferramenta onde se mantêm todos os clientes cadastrados. Esta ferramenta concentra informações como histórico de atendimento e de compras, canais de contato e preferências.

5. CRO

CRO é a sigla em inglês para Conversion Rate Optimization, que significa Otimização de taxa de conversão. É um conjunto de estratégias que tem o objetivo de melhorar o retorno do trabalho empregado pela empresa na internet. Nada mais é do que o esforço de otimizar a sua taxa de conversão, como o nome diz.

6. CTA

CTA é a sigla em inglês para call-to-action, que em tradução literal significa “chamada à uma ação”. São links, botões ou funções de uma página que incentivam os usuários a realizarem uma ação.

7. CTR

A sigla CTR significa Click Through Rate e, em português, refere-se à taxa de cliques.
Ela é uma métrica importante para a avaliação do desempenho de um anúncio, seja no Google AdWords, seja nos chamados social ads das redes sociais.

8. Dashboard

Dashboards são painéis que mostram métricas e indicadores importantes para alcançar objetivos e metas traçadas, de maneira visual. Os dashboards facilitam a compreensão das informações geradas.

9. E-book

E-book é uma abreviação do termo em inglês “eletronic book” e nada mais é que um livro eletrônico. O e-book pode ser usado como material educativo para a geração de leads e a construção de relacionamento com potenciais clientes.

10. E-mail Marketing

E-mail marketing é a utilização de e-mails, com o foco de criar e manter relacionamento com clientes.

11. Funil de vendas de Inbound

O funil de vendas é um modelo estratégico que mostra a jornada do cliente do primeiro contato com a sua empresa até a concretização da venda. Com a visualização do funil fica mais fácil conduzir e acompanhar o potencial cliente.

12. Growth Hacking

Pode ser definido como um marketing orientado para experimentos. O objetivo é encontrar oportunidades visando resultados rápidos para o crescimento (growth) da empresa.

13. Guest Post

Guest Post, em tradução para o português significa “post convidado”. De modo geral, ele consiste em um post ou artigo escrito por alguém convidado, que não seja o próprio dono do blog ou website.

14. Inbound Marketing

O Inbound Marketing é o conjunto de estratégias de marketing que visam atrair clientes, utilizando conteúdo relevante e que chame a atenção do público alvo. No Inbound Marketing, a empresa gera conteúdo através de canais como blogs, redes sociais e com esse conteúdo, o cliente é atraído até o seu negócio.

15. Inside Sales

Traduzido ao pé da letra como “Vendas Internas”, Inside Sales é uma estrutura de vendas realizada com equipe interna (sem necessidade de deslocamento) que utiliza e-mail, telefone, redes sociais e videoconferência como formas de comunicação com potenciais cliente. Esta é uma operação de vendas enxuta e de custo reduzido.

16. Jornada de compra

A jornada de compra é o modelo usado para se definir em qual estágio comercial o consumidor está. Se ele está perto de comprar ou não, por exemplo. Ao entender os hábitos de consumo do possível cliente e monitorar o que ele está buscando na internet, é possível descobrir em qual momento da compra ele se encontra e aplicar as estratégias corretas para convertê-lo.

17. KPI

KPI é a sigla para o termo em inglês Key Performance Indicator, que significa indicador-chave de Desempenho. Esse indicador é utilizado para medir o desempenho dos processos de uma empresa e, com essas informações, colaborar para que a empresa alcance seus objetivos.

18. Landing Page

As Landing Pages, ou páginas de conversão, são páginas de destino para um determinado anúncio, e-mail ou qualquer outro tipo de divulgação do seu negócio.

19. Lead

Lead é todo cliente em potencial da sua empresa. Para que realmente sejam convertidos em clientes, os leads precisam ser nutridos através de conteúdo de qualidade.

20. LTV

LTV (Lifetime Value ou, traduzindo do inglês, valor do tempo de vida do cliente) é uma métrica de marketing que é utilizada para calcular quanto a empresa fatura com um cliente durante todo o período de relacionamento entre os dois.

21. Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia de marketing focada na criação de conteúdo de qualidade para o seu público-alvo.

22. Materiais ricos

Os materiais ricos são conteúdos mais voltado a educar o público. Eles são mais completos, aprofundados, em variados formatos e têm o objetivo de gerar e nutrir leads. Os materiais ricos podem ser e-books, infográficos, guias completos, a escolha do formato e do suporte depende da estratégia que se quer alcançar.

23. NPS

O NPS (Net Promoter Score) é uma métrica que avalia o quanto o cliente recomenda uma empresa, produto ou serviço para amigos, familiares ou colegas.

24. Opt-in

O opt-in é uma abordagem do Inbound Marketing, também conhecida como marketing de permissão. Nesta abordagem, um profissional de marketing digital solicita a permissão de um cliente em potencial para enviar determinado tipo de conteúdo sobre uma marca.

25. Persona

Persona é um termo utilizado no marketing para definir a representação fictícia do cliente ideal entre aqueles que compõem o público-alvo de um negócio. A persona é baseada na união das principais características dos clientes, como: hábitos, interesses, gênero e faixa de renda.

26. Prova social

Prova social é um elemento de persuasão. Ele se resume na seguinte ideia: “Se todo mundo está fazendo isso, então isso deve ser bom”. Em um site, em uma landing page ou na sua rede social significa ter um bom número de depoimentos de clientes falando da boa experiência deles com o produto ou serviço ali vendido.

27. Remarketing

Remarketing é um termo utilizado para designar a ideia de atrair novamente alguém que já demonstrou interesse no produto da sua empresa, significa fazer marketing mais uma vez para a mesma pessoa.

28. ROI

ROI, sigla em inglês para (Return On Investment), é o retorno sobre investimento, ou seja, a forma de saber se o dinheiro que se investiu com marketing está se revertendo em lucros ou não.

29. SEM

O Search Engine Marketing (SEM, ou marketing para os mecanismos de busca) consiste em estratégias que têm um objetivo comum: otimizar sites para colocá-los mais perto do topo das páginas de resultados em buscadores como Google e Bing. Isso pode ocorrer de forma orgânica ou paga. Portanto se divide em SEO e links patrocinados (adwords).

30. SEO

SEO (Search Engine Optimization), tradução em português: otimização para mecanismos de busca. Consiste em ações e estratégias que buscam aumentar o tráfego e o desempenho de terminado site, usando, para isso, os resultados orgânicos dos mecanismos de pesquisa. Pode ser o Google, Bing ou até YouTube. Não é pago.

31. SERP

Essa sigla representa todas as páginas de resultados dos mecanismos de busca. Saber como essa ferramenta funciona, é fundamental para estruturar uma estratégia de marketing digital capaz de aumentar a visibilidade do seu negócio.

32. SLA

SLA é a sigla de Service Level Agreement, que significa, em português, “Acordo de Nível de Serviço”. O SLA consiste num contrato de prestação de serviços na área de T.I, entre a empresa que vai fornecer o serviço e o cliente que vai se beneficiar deste. O SLA apresenta metas de nível de serviço, o preço a ser pago pelo trabalho, prazos de contratos, suporte técnico, entre outros.

33. Taxa de abertura

A taxa de abertura de uma campanha de e-mail marketing, nada mais é do que a quantidade de pessoas que abrem um determinado e-mail enviado pela sua empresa, dividida pelo número de pessoas que o receberam. Se você enviou sua campanha para 100 pessoas e 15 abriram, isso significa uma taxa de abertura de 15%.

34. Taxa de conversão

A taxa de conversão é a proporção entre o número de usuários que simplesmente acessam seu site e o total daqueles que realizaram uma determinada ação que tenha valor para o seu negócio (que foram “convertidos”).

35. Teste A/B

Testes A/B são testes que realizam comparações entre variáveis de marketing, com o objetivo de definir qual variável gera melhores respostas. Por exemplo, você pode testar dois assuntos de e-mail marketing diferentes para determinar qual gera a maior taxa de abertura de e-mail.

36. Tráfego Orgânico

É o tipo de tráfego que não possui um custo direto. As visitas desse tipo de tráfego chegam até o site ou blog do seu negócio por meio de pesquisas nos mecanismos de buscas, como o Google, por exemplo.

37. Tráfego Pago

O tráfego pago, como o próprio nome já indica, é aquele no qual você precisa pagar para que os visitantes cheguem até o blog ou site da sua empresa. Isso é feito por meio de anúncios que contém as palavras-chave escolhidas por você e, somente quando os possíveis clientes clicam nele, é que você precisa pagar.

38. Webinar

Webinar é o termo utilizado para nomear reuniões, conferências ou seminários realizados pela Internet. A ideia é usar plataformas específicas de comunicação em tempo real, com vídeo e áudio, para transmitir palestras, discussões, apresentações e aulas para um público grande ─ que pode ser privado ou aberto.

Gostou do nosso dicionário? Fique à vontade para compartilhar com um amigo! Se quiser conhecer mais sobre o mundo do Marketing Digital você pode acessar o Blog Descomplique e ver muitos outros conteúdos sobre o assunto.

Escrito por:

Descomplique Digital |

  • Marketing Digital

    Inside Sales: 6 vantagens para o seu negócio

    Ler o artigo
  • Inbound Marketing

    Inbound x Outbound: qual a melhor estratégia para seu negócio

    Ler o artigo
  • Marketing Digital

    10 erros de Marketing Digital que você pode estar cometendo

    Ler o artigo